FAQ OBIS NO BRASIL - Usando o OBIS
Principal  |  Usando o OBIS  |  Sobre os dados  |  Sobre o OBIS  |  Notícias Locais  |  Notícias  |  OBIS no Brasil  |  Histórico no Brasil  |  Dados Incluídos
 
   


Qual é o propósito deste website?

Quais são os benefícios do OBIS?

O que eu posso fazer com o OBIS atualmente?

Quais melhorias estão planejadas para o OBIS?

Como os estudantes podem usar o OBIS para aprender?

Quem está usando o OBIS?

Como eu posso citar dados publicados pelo OBIS?

Quais as limitações dos dados no OBIS?

Como eu posso procurar e explorar os dados?

Como eu posso baixar os dados?

Usando o OBIS

Qual é o propósito deste website?

O website disponibiliza um portal para muitos conjuntos de dados contendo informações sobre onde e quando espécies marinhas têm sido registradas. Estes conjuntos de dados são integrados e dessa forma você pode procurar em todos pelo nome da espécie, níveis taxonômicos superiores, área geográfica, profundidade e tempo; e, então, mapear e encontrar dados ambientais relativos às localidades (ver "O que eu posso fazer com o OBIS?").

Este website objetiva ser (a) oficial, profissional e confiável; (b) conciso, de fácil leitura e entendimento, com o uso mínimo de jargões; (c) amigo do usuário com um desenho lógico, consistente e fluidez. (d) regularmente atualizado. Este também deve (e) ter o mínimo de cliques possíveis e (f) nós devemos ser facilmente contatados (p.ex. por email ou veja em Eventos onde os representantes do OBIS podem ser encontrados). Por favor, nos deixem informados por e-mail OBISsuport(at)marine.rutgers.edu para melhorarmos o serviço. Nós estamos trabalhando para fazer o OBIS o mais compreensível possível (veja "Quais são as limitações dos dados?").

Quais são os benefícios do OBIS?

O benefício imediato do OBIS é a publicação de dados sobre a distribuição espaço-temporal de espécies marinhas, com software online de exploração de dados. Estes são gratuitos para todos com acesso pela Internet. A simplicidade do acesso rápido aos dados traz benefícios educacionais, pesquisa e gestão da biodiversidade marinha e dos ecossistemas; sendo assim, a sociedade em geral. O OBIS, conseqüentemente, economiza tempo e dinheiro de pessoas e organizações que necessitam de dados primários sobre localidades de espécies marinhas, e encoraja novas sínteses de dados em escalas geográficas, taxonômicas e temporais. O OBIS pode também auxiliar quando os compiladores de dados têm obrigações legais ou contratuais para tornar livres os dados disponíveis.

O OBIS permite que os dados sejam descobertos, os quais muitas vezes não são publicados ou são de difícil acesso. Os dados do OBIS têm certificação científica sendo que estes foram coletados e trabalhados por cientistas e instituições respeitáveis. Como uma publicação tradicional, a publicação dos dados através do OBIS aumenta a visibilidade da produtividade destes cientistas e de suas organizações.

A participação no OBIS envolve trabalhar com os últimos padrões na gestão de dados informatizados da biodiversidade. A prática de adotar padrões pode ajudar na gestão dos dados pelas organizações e pelos times de pesquisadores, bem como facilitando a publicação dos dados.

O OBIS mantém os dados vivos e disponíveis pela publicação destes online. O OBIS irá hospedar dados caso o provedor seja impossibilitado de continuar a hospedá-los em seu próprio sistema. Em adição às cópias de back-up de dados, o OBIS está criando vários espelhos virtuais para que os dados sejam replicados em diferentes partes do mundo.


O que eu posso fazer com o OBIS atualmente?

A partir do Portal OBIS (a primeira página conectada com os dados) você pode:

  • -Buscar onde um gênero marinho e/ou espécie está registrado nos dados publicados através do OBIS;
  • -Baixar os dados publicados no OBIS para qualquer espécie, incluindo localização, profundidade, data e hora da coleta, fontes das séries de dados e informação do nome taxonômico verificada;
  • - Plotar localidades de espécies em um leque de visualização plano ou esférico do mundo, incluindo visões polares, usando o C-Squares Mapper;
  • - Plotar espécies em mapas de padrão da temperatura do mar, profundidade e salinidade usando o KGS Mapper;
  • - Uso de dados ambientais para localizar estes dados, para prever o potencial de distribuição da espécie usando o KGS Mapper;
  • - Explorar relações entre espécies e dados ambientais no KGS Mapper para ver quais parâmetros melhor explicam um distribuição específica;
  • - Buscar uma hierarquia taxonômica para obter listas de espécies no OBIS para um filo, classe, ordem de grupos taxonômicos mais elevados;
  • Plotar mapas de todos os dados em níveis taxonômicos superiores;
  • - Buscar por listas de espécies registradas no OBIS por país (Zona Econômica Exclusiva), mar ou oceano, grandes ecossistemas marinhos, FAO e área de pesca ICES, regiões pelágicas Longhurst, profundidade, data e entrando com as coordenadas (Latitude e Longitude);
  • - Conectar com outras fontes de informações sobre espécies, incluindo dados genéticos, literatura publicada e imagens.
Por favor, veja Como eu posso procurar e explorar dados? para instruções detalhadas.

Quais melhorias o OBIS está planejando?

O OBIS deseja

  • - continuar a publicar mais dados e melhorar a qualidade dos dados. Em particular, temos a intenção de publicar no mínimo uma localidade para cada espécie marinha conhecida até 2010;
  • - ter ferramentas online para mostrar rotas dos animais através dos oceanos (p.ex. tartarugas rastreadas por satélite);
  • - ter ferramentas online para mostrar séries temporais e padrões de profundidade de distribuições de espécies;
  • - permitir aos usuários que selecionem diferentes espécies para mapear conjuntamente e melhorar a edição online dos dados;
  • - permitir aos usuários que busquem no OBIS por habitat;
  • - ter mapas de área distribuição para todas as espécies no OBIS;
  • - expandir o esquema de dados do OBIS para permitir o uso da abundância pelos dados e esforço de coleta;
  • - adicionar áreas geográficas na opção "Busca Avançada" do OBIS, assim os usuários poderão buscar por gênero e/ou espécies, período de tempo, perfil de profundidade, coordenadas (Latitude – Longitude) e área geográfica.

Como estudantes podem usar o OBIS para aprender?

O OBIS é uma fonte de dados e informações e disponibiliza links para outras fontes confiáveis. Este também permite ao aluno desenvolver habilidades em usar recursos online, discriminando entre fontes respeitáveis e menos acadêmicas. Estes também poderão aprender sobre as vantagens e desvantagens de usar dados primários que são apenas amostras de dados em potencial e usando isto para estimar a distribuição de espécies. A comparação com fontes secundárias de informações é encorajada.

Quem está usando o OBIS?

São esperadas que as comunidades a seguir usem o Portal OBIS (sem ordem de importância): pesquisadores, cientistas e gestores de pesca, políticos, educadores, naturalistas, ONGs ambientalistas, consultores, organizações conservacionistas e estudantes.

No mês de fevereiro de 2007 o OBIS recebeu por volta de 1 milhão de acessos de 50.000 visitantes em pelo menos 26 países. Em torno da metade dos usuários vieram da área educacional e pelo menos 10% de instituições comerciais. Uma detalhada estatística Web e histórico estão disponíveis aqui.

Como eu posso buscar e explorar dados?

Neste momento você pode buscar no OBIS por um gênero e nome de espécie, grupos taxonômicos superiores (p. ex. baleias, peixes e anêmonas) e área geográfica. Algumas das ferramentas de mapeamento permitem a edição de dados.

A partir da primeira página web você pode (1) entrar um gênero, espécie ou nome popular (em inglês, em espanhol ou português sem caracteres especiais) na janela de busca ou (2) clicar em uma área do mapa para pegar uma lista de todas as espécies que ocorrem nesta área. Notar que você pode modificar o tamanho do mapa da área buscada de 5 para 1 ou 0,5 graus como você desejar. A área buscada é mostrada em uma caixa abaixo da área clicada no mapa. Notar que os nomes populares estão disponíveis apenas para vertebrados e poucas outras espécies e estes nomes não são consistentes entre países. Também na primeira página estão botões para ir até as opções de "Busca Avançada" e "Busca por Grupos Taxonômicos".

Ao topo de todas as páginas, exceto a primeira, está uma opção para buscar por espécies (s) em um gênero, espécies ou nome popular ("Busca Por Nome") e (b) todas as espécies em certas áreas geográficas. Estas áreas são Zonas Econômicas Exclusivas (ZEE) de países, áreas oceânicas ou marítimas do International Hydrographic Office (IHO), áreas de pesca da Food and Agricultural Organisation (FAO), áreas do Internacional Council for the Exploration of the Sea (ICES), Large Marine Ecosystems (LME) e regiões pelágicas de Longhurst.

A partir da página de Busca Avançada você pode refinar sua busca entrando tanto com nome de gênero e/ou espécie, data, faixa de profundidade, coordenadas (Latitude e Longitude) e/ou banco de dados. Para obter todos os dados de um banco de dados, apenas deixe as outras opções em branco e selecione o banco de dados desejado.

Se você não sabe o nome de um gênero ou espécie, você poderá procurar na hierarquia dos grupos taxonômicos (p.ex. desde vertebrados, para peixes, para bacalhau). Notar que você pode também pedir um mapa com todas as localizações dos registros para um grupo taxonômico superior, por exemplo, todas as baleias.

Abaixo das buscas será disponibilizada uma página com uma lista de um ou mais nomes de espécies. Notar que alguns nomes apresentam variações de escrita, ou sinônimos, e o uso de alguns nomes pode mudar com o passar do tempo. Nós estamos planejando adicionar notas sobre alguns assuntos. Clique no nome da espécie para gerar uma página de "Resultados por Espécie". Esta mostra um mapa das localizações, com dados do OBIS, (b) muitos links para mais informações sobre as espécies incluem bibliografia, imagens e informações genéticas, (c) uma lista de fonte de banco de dados está no final da página, (d) botões para ver e baixar os dados nos formatos .html ou .txt e (e) duas ferramentas adicionais de mapeamento.

O KGS Mapper irá comparar a localização de espécie em 52 variáveis oceanográficas e usará isto para mostrar onde estas condições também ocorreram. Você pode selecionar qual variável você acha mais apropriada e editar isso se você precisar de dados mais precisos, ou você pode ver que temas de resoluções espaciais podem ter gerado valores incorretos. Mais edições avançadas dos dados são também possíveis.

O ACON Mapper mostra os dados de abundância em mapas do tipo torta, permitindo a edição de dados mapeados e pode plotar mapas pelo ano dos dados que foram coletados. Um intervalo de edição de dados e opções para baixar estão disponíveis.

Todos os mapas podem ser salvos em seu computar clicando com o Mouse e selecionando "Salvar Imagem".

Notar que grandes bancos de dados irão demandar mais tempo para busca, exploração e mapeamento. Considere limitar a quantidade de dados a ser explorado usando a Busca Avançada selecionando um período limitado, profundidade ou intervalos de bancos de dados. Para pesquisadores que desejam uma quantidade grande de dados para fazer algum trabalho maior, favor entre em contato com obissupport(at)marine.rutgers.edu para que nós possamos enviar para você.

Como eu posso baixar os dados?

Você primeiramente necessita pesquisar por uma espécie, táxon superior, área geográfica e/ou outra opção (veja acima) para obter uma página de "Resultado de Espécies". Abaixo do mapa e opções de mapeamento você poderá observar e baixar os dados no formato previamente selecionado, .html ou .txt.

Última modificação por Edward Vanden Berghe em 11 de abril de 2007. [Tradução OBIS no Brasil 24 de setembro de 2007]
 
O OBIS é um projeto do